sexta-feira, 25 de junho de 2010

A Convenção de Montreal inspirou e divertiu

Por Arnold R. Grahl, Notícias do Rotary International


Mais de 18.000 rotarianos de 154 países e áreas geográficas deixaram, no dia 23 de junho, a Convenção do RI de 2010, em Montreal, Canadá, motivados a concluir a tarefa de erradicar a pólio e convencidos de que seus esforços têm feito a diferença, mesmo que os resultados não sejam imediatamente aparentes.

Como citou Jo Luck, presidente da Heifer International e associada do Rotary Club de Little Rock, EUA: "Vocês fazem parte de um projeto e raramente têm a oportunidade de saber detalhes do impacto causado", Luck comentou, "mas saibam, vocês com certeza fizeram a diferença."

Durante os quatro dias, as sessões plenárias e grupos de discussão estiveram lotados, e os rotarianos escutaram diversos palestrantes ilustres, como a própria Jo Luck; Greg Mortenson, autor de best-seller e cofundador da Central Asia Institute; Bob Mazzuca, diretor executivo da Boy Scouts of America; e Dolly Parton, cantora de música country e filantropa.

Os participantes também ficaram maravilhados com a variedade de atividades de entretenimento, como o grupo musical irlandês Celtic Thunder, os acrobatas do Cirque du Soleil e a potente voz do tenor Russell Watson.

Dolly Parton entrou no palco cantando um de seus hits e agradeceu ao Rotary por apoiar o programa Biblioteca da Imaginação a promover a alfabetização infantil. Leia mais.

Bob Mazzuca falou sobre o longo relacionamento entre a Boy Scouts e o Rotary, e salientou a importância de se dar às crianças alternativas viáveis e saudáveis. Leia mais.

A Rainha Noor da Jordânia elogiou os rotarianos por seu trabalho em promover a paz mundial e formar alianças globais pioneiras capazes de mudar o mundo. Leia mais.

Bruce Aylward, diretor da Iniciativa Global de Erradicação da Pólio na Organização Mundial da Saúde, incentivou os rotarianos a divulgar a notícia de que a pólio está com os dias contados. Leia mais.

O sobrevivente da pólio, Ramesh Ferris, do Rotary Club de Whitehorse, Canadá, foi com uma bicicleta de mão do Palais des congrès ao Mercado Bonsecours, na antiga Montreal, para a cerimônia de iluminação do prédio com o logotipo da campanha Elimine a Pólio Agora.

Greg Mortenson agradeceu ao Rotary por seus esforços para erradicar a pólio no Afeganistão e Paquistão e falou das similaridades operacionais entre sua instituição e o RI: ambas procuram fortalecer relacionamentos e envolver líderes locais.

"Todos nós aqui sentimos o impulso de ajudar as pessoas, mas o principal, como os rotarianos bem sabem, é capacitar as pessoas para que elas consigam mudar o mundo", afirmou aos presentes. Leia mais.

O padre Marciano "Rocky" Evangelista, fundador da Tuloy Foundation Inc. e associado do Rotary Club de Alabang, Filipinas, falou aos rotarianos sobre a importância de ajudarmos o mais rápido possível as crianças de rua.

"Para mim e para vocês, que diferença faz um dia? Mas para uma criança que a cada minuto está vivendo a dura realidade das ruas, esperar é um luxo ao qual ela não pode se dar", declarou. Leia mais.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Banerjee é eleito presidente do RI para 2011-12

Por Joseph Derr, Notícias do Rotary International



Kalyan Banerjee, do Rotary Club de Vapi, Índia, foi eleito presidente do Rotary International para 2011-12 durante a quarta sessão plenária do Convenção de 2010 em Montreal, Canadá.

"Agradeço do fundo do meu coração por esta incrível oportunidade de servir à mais extraordinária organização humanitária do mundo", proferiu, tendo ao seu lado Binota, sua esposa.

Banerjee contou aos participantes sobre seus primeiros contatos com o Rotary na Índia e sobre ter presenciado o crescimento da capacidade da organização para fazer mudanças e influenciar cada vez mais a qualidade de vida no país. "É claro, para mim, que o Rotary International e a Índia têm um relacionamento simbiótico: cada um fazendo o outro ficar mais forte", acrescentou.

"Tenho visto o impacto que projetos simples podem causar em cada vilarejo, família e indivíduo", disse, solicitando em seguida que todos os rotarianos fizessem uma autorreflexão e procurassem ser generosos com o próximo.

"Através dos serviços humanitários, somos capazes de encontrar dentro de nós reservas de generosidade e preocupação com o próximo, e encontrar um significado mais profundo para nossas vidas. Descobrimos o que significa ajudar a humanidade e, assim, nos tornamos mais humanos", declarou.

Também foram eleitos os diretores para 2011-13: José Antonio F. Antiório, Rotary Club de Osasco, São Paulo, Brasil; Kenneth R. Boyd, Rotary Club de Kerman, Califórnia, EUA; Yash Pal Das, Rotary Club de Ambala, Haryana, Índia; Elizabeth S. Demaray, Rotary Club de Sault Ste. Marie, Michigan, EUA; Allan O. Jagger, Rotary Club de Elland, West Yorkshire, Inglaterra; Paul Knyff, Rotary Club de Weesp (Vechtstreek-Noord), Holanda; Shekhar Mehta, Rotary Club de Calcutta-Mahanagar, West Bengal, Índia; Ju-In Park, Rotary Club de Suncheon, Jeonranam, Coreia; e Kenneth M. Schuppert Jr., Rotary Club de Decatur, Alabama, EUA.

O secretário geral do RI, Ed Futa, também declarou eleitos os governadores indicados para 2011-12 e anunciou os dirigentes do RIBI para 2010-11: Presidente James A. Moulson, Rotary Club de Paisley Callants, Strathclyde, Escócia; Vice-presidente Ray M. Burman, Rotary Club de Kelvedon & District, Essex, Inglaterra; e Tesoureiro honorário Greg Thacker, Rotary Club de West Woodspring, Avon, Inglaterra.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

A VONTADE DO PRESIDENTE

No próximo mês, o Brasil estará vivenciando a estréia de 2.336 pessoas no cargo de Presidente de Rotary Club para uma gestão de 365 dias.

Serão em torno de 50 reuniões ordinárias, mais 10 reuniões do conselho diretor, mais 10 eventos distritais e participação em muitas reuniões de outras instituições como associação comercial, sindicatos, etc.

Como será esta gestão?
Boa, má, conflitante, fraca ... Quantos “agüentarão” até o fim? Quantos terão o apoio total do clube?

Para aqueles que assumem cargo de tamanha importância vão aqui algumas dicas.

O Presidente tem as suas vontades próprias. Alguns, quando se viram eleitos, pensaram: “Agora chegou a minha vez” ou “Agora vou poder fazer aquilo que sempre tive vontade de fazer”.

É claro que o sucesso ou o fracasso dessa empreitada vai depender muito da maneira com que a idéia será colocada na mesa.

Para facilitar a compreensão, criei 3 clubes típicos para formar um cenário didático.

Clube A:

Neste clube, o Presidente, muito direto e objetivo, coloca sem papas na língua a sua idéia sobre a mesa:
“Companheiros, eu gostaria de fazer tal negócio!“
Como o clube é muito democrático, todos vão querer manifestar a opinião própria. Alguns dirão “ótimo, boa idéia” outros dirão “não concordo” e outros responderão com outra pergunta “antes de fazer tal, eu acho que deveríamos pensar em qual”.

Não vai dar tempo nem para discutir as vantagens e as desvantagens, e o Presidente será “voto vencido” e vai colocar mais esta na sua cesta de frustrações, pior, vai ficar sem saber se a sua idéia era boa ou não.

Clube B:

Neste clube, todos sabem o que é ser Presidente e quando o Presidente fizer a afirmação:
“Companheiros, eu gostaria de fazer tal negócio!“
Todos responderão, quase em uníssono: “boa idéia” e passarão a discutir a forma de realizar o tal negócio.

Ninguém será contra e o Presidente ficará muito feliz por poder realizar uma idéia que todos concordam.

Também, nenhum companheiro sairá “queimado”. Lembre-se que quando alguém sai “queimado” este vai querer uma vingança e isso não é bom para a saúde do clube.

Clube C:

Neste clube, o Presidente muito astuto não vai querer se expor e correr o risco de levar uns “contra” logo no início da gestão.

Então vai combinar com algum companheiro em que ele possa confiar para que ele faça a apresentação do tal negócio.

Como quem está apresentando é um simples companheiro, todos ficarão à vontade para comentar. E, obviamente, teremos todos os tipos de manifestações.

Então o Presidente, presidindo a reunião na sua neutralidade, terá a oportunidade de escolher uma estratégia para chegar ao final (positivo) das discussões:

Estratégia I:

Considerando que alguns “contra” não entenderam bem a proposta, o Presidente pede a algum dos “a favor” (e não ao que apresentou a proposta) que mostre outros pontos positivos da idéia.

É uma boa estratégia pois aqueles que foram inicialmente “contra” terão a oportunidade de visualizar outras facetas do projeto e mudar o seu parecer.

Estratégia II:

Pede a algum dos “contra” justificar o seu parecer. Ora, não será apenas o Presidente a contra-argumentar pois todos os presentes ouvirão a argumentação e terão a oportunidade de contra-argumentar e no meio dessas contra-argumentações haverá sempre aquela que será mais eficiente e vai convencer o “contra” a mudar o parecer dele.

No final das discussões, se a balança pender para “não realizar”, o Presidente simplesmente manda arquivar a idéia. Não realiza o projeto mas fica conhecendo bem os porquês de cada companheiro. E ainda tem a vantagem de “não se queimar” no processo.

Companheiros Presidentes 2010-11.

Sejam espertos. Não se exponham à toa. Não fiquem bravos por qualquer picuinha. Tenham paciência. Sejam magnânimos. Lembrem-se sempre que o seu clube, mesmo sendo um pequeno clube de uma pequena cidade do interior é parte, é membro de uma estrutura gigantesca mundial, o Rotary International e nesses 365 dias terá 33.855 clubes no mundo todo trabalhando para Fortalecer Comunidades e Unir Continentes.

Assistam aos jogos da Copa da África e lembrem-se de que Nelson Mandela tinha um sonho e por este sonho ficou 26 anos trancafiado, mas este sonho se realizou.

Abraços Roberto Massaru Watanabe
Associado Honorário

domingo, 6 de junho de 2010

Cerimônia de Transmissão de Cargos - Encerramento dos festejos do Sexagenário - RC RJ Tijuca, D.4570

Na quarta-feira, 30 de junho, às 20:00 h, o Rotary Club RJ Tijuca estará realizando a cerimônia de encerramento dos festejos pela celebração do sexagenário de sua fundação e transmissão de cargos do Conselho Diretor para o período 2010-11.

A presença de amigos como Você será, para os Rotarianos da Tijuca, motivo de grande satisfação.

A cerimônia acontecerá no Salão Nobre do Tijuca Tênis Club, que tem a capacidade para 350 participantes. Por essa limitação natural, apreciaremos a confirmação de sua participação por mensagem enviada pelo Fale Conosco do portal http://www.rortarytijuca.com.br/ para que o seu convite impresso possa ser remetido para sua residência ou escritório, de modo que possamos assegurar a merecida recepção, conforto e segurança de nossos ilustres convidados. Por favor, indique se Você estará acompanhado, para que o convite respectivo seja enviado juntamente ao seu.

Encerrada a cerimônia seguirá o Baile de Confraternização e Companheirismo com música ao vivo. O serviço de bar será por adesão espontânea dos participantes.

Na expectativa de poder oferecer-lhe a recepção à altura de sua importância, aguardamos a sua confirmação até o dia 9 de junho próximo e agradecemos pela sua gentil atenção.

Joper Padrão do Espirito Santo
Governador 2001-02 do Distrito 4570 do Rotary International
Coordenador da Comissão da Imagem Pública do Rotary Club RJ Tijuca

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Convite para Posse

Ordem dos Advogados do Brasil
Seccional do Estado do Rio de Janeiro
Gabinete da Presidência

A Diretoria, o Conselho e a Comissão de Mediação, Conflitos e Arbitragem da OAB/Niterói têm a honra de convidar V. Exª para participar da solenidade de posse dos advogados José Carlos Alvarez, Márcio Remo Condeixa da Costa, Maria Christina da Costa de Faria, Maria Regina da Costa Duarte, Jorge Rubem Folena de Oliveira, Eduardo Tavares Pereira, Cristine Soares Pinheiro e Elma Cristina da Silva, a realizar-se no dia 11 de junho de 2010 , às 18 horas, na Escola Superior de Advocacia - ESA, Av. Amaral Peixoto, nº 507/9º andar, Centro, Niterói.

Antonio José Barbosa da Silva
Presidente da OAB/Niterói

Marco Antônio Condeixa da Costa
Presidente da Comissão

terça-feira, 1 de junho de 2010

Instituto Vital Brazil comemora 91 anos no dia 8

Conforme já foi informado anteriormente, o Instituto Vital Brazil comemora 91 anos no próximo dia 8.

A programação envolve festa, bolo e palestra sobre animais peçonhentos no Brasil

Um pedaço da história da ciência completa 91 anos no dia 3 de junho: é aniversário do Instituto Vital Brasil (IVB), tradicional produtor de soros hiperimunes que fica em Niterói. Para comemorar tantos anos de existência, o instituto preparou um dia de festa e aprendizado para a próxima terça-feira, 8 de junho.

A programação começa às 14 horas, com a palestra "O início do ofidismo no Brasil: Wucherer e Vital Brazil". Os dois médicos foram pioneiros nos estudos sobre acidentes com animais peçonhentos. Voltada para estudantes, pesquisadores, bióloos e veterinários, a palestra será ministrada pela professora da Universidade Federal da Bahia, Rejane Maria Lira da Silva.

Depois disso, às 15h30min. haverá extração de venenos de cobra e escorpião aberta ao público. Os biólogos e pesquisadores do Vital Brazil explicarão passo a passo a retirada do veneno dos animais e, depois do processo da extração, responderão às dúvidas que surgirem. Uma festa com bolo e a Banda Sinfônica Santa Cecília, da Fundação de Arte de Niterói, encerra as comemorações do dia.

O Instituto Vital Brazil (http://www.ivb.rj.gov.br/) é sociedade de economia mista vinculada à Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil. Foi criado em 3 de junho de 1919, pélo médico Vital Brazil Mineiro da Campanha. O IVB é um tradicional produtor de soros hiperimunes. Produz antídotos contra tétano, raiva e antipeçonhentos, usados no tratamento de acidentes com cobras, aranhas e escorpiões. Desde 2001 o Vital Brazil é único produtor brasileiro do soro contra o veneno da aranha viúva-negra. O Instituto Vital Brazil é um dos 18 laborarórios oficiais brasileiros e um dos três fornecedores de soros contra o veneno de animais peçonhentos para o Ministério da Saúde. Fica na Rua Maestro José Botelho 64, Vital Brazil, em Niterói.